Logo

Jovens “bodyboarders” do circuito profissional encantam na ESM

Quatro jovens praticantes de “Bodyboard” animaram uma palestra de divulgação e sensibilização para a prática da modalidade, na passada segunda-feira, dia 25 de setembro, na Aula Magna.


A sessão subordinada ao tema “Ser um bodyboarder profissional (a realidade portuguesa e a de atletas estrangeiros)” foi dinamizada pelo professor Luís Afonso, numa organização do “Centro de formação desportiva de Surf de Monserrate” - clube da ESM coordenado pelo professor Rui Silva, no âmbito do “Desporto Escolar” – e contou com a presença de quatro promissores jovens profissionais que participariam no dia seguinte na primeira prova do circuito mundial, na praia da Arda. O evento, patrocinado pela Caixa Agrícola Caixa do Noroeste em parceria com outras entidades – no dia anterior tinha decorrido uma aula de “bodyboard” na praia do Cabedelo com os alunos do “Desporto Escolar” – contou com a participação de algumas turmas da ESM que acolheram com entusiasmo os testemunhos do português Miguel Adão, do australiano Lewy Finnegan e dos brasileiros Sócrates Santana, bicampeão mundial Projunior em 2015 e 2016, e Matheus Bastos, vice-campeão mundial em 2015 e quarto classificado em 2016, ambos oriundos de uma comunidade pobre do Rio De Janeiro. Um dos grandes nomes da modalidade em Portugal, António Cardoso, não pode comparecer por motivos familiares.

Após a apresentação desta modalidade com origem no Havai, em 1971, os palestrantes fizeram um resumo da sua carreira e evidenciaram as dificuldades que têm de ultrapassar para se manterem no circuito mundial, nomeadamente, a falta de patrocínios. Um dos aspetos a realçar foi a tónica comum na importância de treinar, treinar muito, independentemente das condições, para se alcançar o topo. Um bom testemunho para os nossos alunos, quer como incentivo para a prática da modalidade quer para o seu percurso escolar.

Esperemos que o esforço desenvolvido dê frutos e que iniciativas deste género continuem a acontecer na Escola, aproximando-a de forma mais efetiva do meio envolvente.


                                                                                                  EDI / Equipa de Redação e Imagem