Logo

8º Prémio Escolar A. M. Couto Viana e Agrupamento de Escolas de Monserrate de Parabéns!

Uma aluna da E.B. 2,3 Dr. Pedro Barbosa e três da Escola Secundária de Monserrate, conquistaram o primeiro lugar nos escalões e modalidades a que concorreram.
Da Escola EB 2,3 Dr. Pedro Barbosa, no escalão do terceiro ciclo e na modalidade de Ilustração, a vencedora foi a Joana Duarte Abreu Cruz do 7º D. 
Da Escola Secundária De Monserrate, na modalidade de Conto, a vencedora foi Valentina Flores Morelli. Na modalidade de Poesia, a vencedora foi Beatriz Basto Magro. Na modalidade de Ensaio, a vencedora foi Juliana Cristina Cerqueira Costa.
A entrega dos prémios aos vencedores do Concurso foi no dia 16 de Junho, na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo. O Professor Bibliotecário da Escola EB 2,3 Dr. Pedro Barbosa, José Mesquita, esteve presente na sessão e trouxe para as referidas escolas prémios (livros), em virtude da conquista dos primeiros lugares!

Apresentação das Provas de Aptidão Profissional do Curso Técnico de Análise Laboratorial

No passado dia 4 de julho, os alunos do Curso Profissional de Técnico de Análise Laboratorial defenderam as suas Provas de Aptidão Profissional (PAP) no Auditório Carolino Ramos.


As PAP abrangeram temas muito diversos, desde a área da produção alimentar até à das análises laboratoriais (físico-químicas e microbiológicas): Controlo da qualidade das águas e areias de zonas balneares (Praia Norte e Praia do Coral),Estudo das operações unitárias envolvidas na produção de queijo artesanal, Extração de óleos essenciais (alfazema, eucalipto e limão) pelo método de Clevenger, Estudo das operações unitárias envolvidas na produção de chouriço de carnes brancas, Controlo da qualidade das águas do Rio Minho, Reaproveitamento de cinzas resultantes da queima de biomassa utilizada na produção de pasta de papel (empresa Europac kraft) e Estudo das operações unitárias envolvidas na produção de cerveja. A diversidade dos temas apresentados demonstrou, assim, a versatilidade do curso e os diferentes caminhos que estes alunos poderão seguir, quer optem pelo prosseguimento de estudos, quer pelo ingresso numa profissão. 
Com alguma ansiedade à mistura, perfeitamente natural em dias importantes como este, os alunos apresentaram de forma cativante as diferentes etapas dos seus projetos. Quando possível, deram a provar os respetivos produtos finais, muito apreciados pelo júri, como foi o caso do pão com mel, chia e nozes, servido quentinho durante o coffee break.
Os elementos do júri congratularam os alunos pelos trabalhos realizados e incentivaram-nos a aplicar e aprofundar os conhecimentos adquiridos ao longo do triénio.

?>